Segunda, Dezembro 18, 2017

Os professores e técnicos da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), representados respectivamente por seus sindicatos, Associação dos Professores da UDESC (Aprudesc) e Sindicato dos Técnicos da UDESC (Sintudesc), aprovaram por unanimidade, durante assembleias realizadas nesta quarta-feira, dia 26 de abril, a adesão das categorias à greve geral convocada por centrais sindicais para o dia 28 de abril em protesto às reformas da previdência e trabalhista. As discussões em torno destas reformas têm sido realizadas no âmbito da UDESC entre as diferentes categorias. Tal preocupação resultou, inclusive, na aprovação de uma nota de repúdio por parte do Conselho Universitário (Consuni), em sessão do último dia 28 de março.

Considerando a gravidade das reformas, que atingem os trabalhadores, tanto do setor público e do setor privado, e diante da manifestação do próprio Consuni, repudiando essas reformas, os sindicatos dos docentes e dos técnicos lamentam a decisão da Reitoria em não aderir ao movimento, ao informar que no dia 28 o expediente está mantido, podendo causar constrangimentos a professores e técnicos e, particularmente, aos terceirizados que, mesmo não sindicalizados, desejassem participar da greve, como um direito legítimo de qualquer trabalhador e trabalhadora que luta por melhores condições de trabalho.

Florianópolis, 27 de abril de 2017.

Associação dos Professores da UDESC (APRUDESC)

Sindicato dos Técnicos da UDESC (SINTUDESC)