Quarta, Julho 26, 2017

NOTA DA APRUDESC

 Ampliando as manifestações pela reposição salarial frente às perdas acumuladas e acompanhando o estado de mobilização dos servidores da UDESC pela atualização do plano de cargos e salários, a APRUDESC vem a público se manifestar:

 - O atraso na reposição salarial torna crítica a projeção de perdas acumuladas, o que mobiliza os professores e demais servidores da UDESC e nos coloca em estado de mobilização, definindo um marco de posicionamento com data de tramitação de duas semanas, a partir do dia 18/07/2013 – conforme exposto pela reitoria; 

 - A atualização do Plano de Carreiras e a recomposição do valor do Vale Alimentação são itens de recuperação do poder aquisitivo dos salários dos servidores da UDESC que devem ser tratados com a urgência correspondente às perdas acumuladas;

 - O reconhecimento regimental das atividades da APRUDESC, decorrência natural do que estabelece o Estatuto da UDESC e as normas legais que disciplinam a atividade de representação profissional, corresponde à atualização do regimento da UDESC, sendo inadmissível um retrocesso a partir de todos os movimentos que contaram com ativa participação da APRUDESC, desde 2001 (e mesmo antes, com as atividades históricas das subseções das quais veio a ser consolidada) e deram nova dimensão à UDESC. Entendemos como não aceitável o não reconhecimento das atividades dos dirigentes de nossa associação de representação profissional, pelos quais nos mantemos atentos ao processo que tramita no CONSEPE (oriundo de processo ao CONSUNI - Proc. 4766/2013).

 Pelo que nos unimos solidariamente às mobilizações do dia 29/07/2013 do MOVA-SE na UDESC.

Joinville, 25/07/2013

Adalberto de Araújo Barreto Filho

Presidente da APRUDESC